Postagem em destaque

Relatório chocante revela níveis extremos de perseguição aos cristãos na Índia

Líderes governamentais na Índia receberam recentemente um aviso severo da Comissão Americana de Liberdade Religiosa Internacional (USCI...

segunda-feira, 30 de março de 2020

Nota emitida pela GM

GM anuncia fechamento de sete fábricas e corte de 27 mil pessoas ...

"A GM vem tomando medidas que visam proteger a saúde dos colaboradores em meio à pandemia de Covid-19, ao mesmo tempo em que busca alternativas para garantir o futuro do negócio. Neste sentido, foram implementadas medidas como banco de horas, férias coletivas, planos de redução de custos e, inclusive, adiamento de investimentos. Entretanto, neste momento de crise sem precedentes que o Brasil e o mundo enfrentam e, num esforço para manter os empregos, a empresa está discutindo com os sindicatos outras medidas, que incluem lay-off e redução de jornada, ambas com impacto de redução salarial.

Importante ressaltar que essas medidas são emergenciais e temporárias, tendo como objetivo a preservação dos empregos, contribuindo com os esforços do governo federal e governos estaduais e municipais.

Continuaremos a acompanhar a evolução do cenário e estaremos prontos para retomar as atividades assim que for possível."


fonte; G1/Vanguarda

Nenhum comentário: