quarta-feira, 8 de julho de 2020

Chevrolet S10 completa 25 anos de Brasil com 1 milhão de unidades produzidas

Chevrolet S10 completa 25 anos de Brasil com 1 milhão de unidades ...

Chevrolet S10 completa 25 anos com 1 milhão de unidades produzidas
Uma das principais picapes médias vendidas no país, a Chevrolet S10 completou dois marcos importantes neste ano.
Chevrolet S10 completa 25 anos com 1 milhão de unidades produzidas
 Além de comemorar seus 25 anos de produção nacional, ela também alcançou a marca de 1 milhão de unidades produzidas em São José dos Campos (SP).
 Segundo a marca, 750 mil unidades foram vendidas no país, enquanto os 250 mil veículos restantes foram exportados.
Chevrolet S10
“A longa tradição da Chevrolet em picapes é um diferencial competitivo para a S10, que possui consumidores altamente satisfeitos e cada vez mais fieis. Reflexo do que a picape entrega, sempre com muita qualidade e confiabilidade. Além disso, o cliente pode contar com uma ampla rede de concessionários para suporte. Tudo isso é altamente relevante para quem utiliza o veículo como ferramenta de trabalho”, diz Hermann Mahnke, diretor de Marketing da GM América do Sul.
Chevrolet S10
A Chevrolet S10 chegou ao Brasil em 1995 criando um novo segmento no país, o das picapes médias, ficando posicionada abaixo tanto da D20 quanto da Silverado (que aposentou a D20 em 1996). Utilizava o motor 2.2 a gasolina de 106 cv, combinado ao câmbio manual de 5 marchas e, inicialmente, era vendida apenas com cabine simples. Começou a ganhar as variações a partir de 1996, quando recebeu a versão de cabine estendida. A cabine dupla veio em 1997.
Chevrolet S10
Também recebeu outros motores após o primeiro ano de vida: 2.5 turbodiesel de 95 cv e 4.3 V6 de 180 cv. Foi na mesma época que deu origem ao SUV Blazer. Em 1998, foi a vez de introduzir as versões com tração 4x4, quando também perdeu o 2.2 de quatro cilindros. Foi uma preparação para as mudanças visuais a serem feitas no ano seguinte.
Chevrolet S10
No ano 2000, a GM decide encerrar a produção do 2.5 turbodiesel, para adotar o 2.8 feito pela MWM, com 132 cv. Também interrompe a oferta do 4.3 V6. Isso muda bastante a linha da S10, que recebeu uma reestilização no fim do ano, com o 2.4 a gasolina de 128 cv e o 2.8 diesel. O 4.3 V6 só retornou em 2001. Passou por pequenas alterações visuais em 2003 e 2005, antes de ser reestilizada em 2009. Neste meio tempo, ainda ganhou o 2.4 FlexPower de até 147 cv.
A geração atual só chegou às lojas em fevereiro de 2012, mais alinhada com a Colorado vendida nos EUA, e com os motores 2.8 turbodiesel de 180 cv e 2.4 da geração anterior. Começou a trocar estes propulsores em 2013, quando o 2.8 recebeu atualizações para entregar 200 cv, enquanto o 2.4 flex deu lugar ao 2.5 Ecotec de 206 cv.
Este ano ainda trará novidades para a Chevrolet S10. Como a próxima geração está prevista para 2023, a marca trabalha em uma reestilização para a picape média, alterando a parte frontal, como vimos em uma imagem vazada. O lançamento acontecerá ainda neste ano e esperamos também por mudanças nos equipamentos, como a atualização da central multimídia para a MyLink 3 com internet 4G Wi-Fi nativa.


fonte: Motor 1
Auto Realidade 

Nenhum comentário:

Arquivo do blog