ANUNCIE SEU PRODUTO - e-mail net4eduardo@gmail.com - Apoio crescente ao general Mourão aumenta tensão nos quartéis - ANUNCIE SEU PRODUTO - email net4eduardo@gmail.com - Após zerar testes de colisão, Onix terá reforços estruturais - Minístro da Fazenda Henrique Meirelles é hostilizado em Nova York, assista

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Vídeo – Por dentro do novo Volkswagen Polo nacional

VW Polo estrutura
VW Polo estrutura
Como parte da estratégia de lançamento do novo Polo no Brasil, a Volkswagen realizou nesta quinta-feira (27) um workshop para mostrar os primeiros detalhes do modelo. O destaque ficou por conta da plataforma MQB-A0 (versão reduzida da base do Golf), além da união do motor 1.0 TSI ao câmbio automático de 6 marchas.
Novo VW Polo plataforma

Com lançamento comercial previsto para novembro, o novo Polo será equipado com motores 1.0 MPI e 1.6 MSI, nas versões de entrada e intermediárias. A mais cara terá o 1.0 TSI em versão de 128 cv de potência e 20,4 kgfm de torque (3 cv a mais que o Golf TSI), sempre com o câmbio automático Tiptronic de 6 marchas.
Controle de estabilidade ESC será item de série nas versões TSI, bem como freios a disco nas quatro rodas. Como opcional, o hatch vai oferecer controle da pressão dos pneus e o cluster digital configurável, que poderá alternar entre diversas opções de mostrador – como o visor do GPS, por exemplo. A tela TFT de 10″ vira junto com uma central multimídia de última geração, com tela de 8″ sensível ao toque, trabalhando integrada ao quadro de instrumentos.
Novo VW Polo plataforma

Construtivamente, o Polo nacional será 20 mm mais alto de suspensão que o europeu, mantendo o esquema McPherson na dianteira e eixo de torção na traseira. Rodas serão aro 15″, 16″ ou 17″, dependendo da versão. No porta-malas, o carro brasileiro perderá capacidade em relação ao europeu, por conta do estepe (na Europa ele usa um kit reparador de furos). Por aqui, o compartimento terá cerca de 300 litros.
Com lançamento comercial previsto para novembro, o novo Polo será equipado com motores 1.0 MPI e 1.6 MSI, nas versões de entrada e intermediárias. A mais cara terá o 1.0 TSI em versão de 128 cv de potência e 20,4 kgfm de torque (3 cv a mais que o Golf TSI), sempre com o câmbio automático Tiptronic de 6 marchas.
Controle de estabilidade ESC será item de série nas versões TSI, bem como freios a disco nas quatro rodas. Como opcional, o hatch vai oferecer controle da pressão dos pneus e o cluster digital configurável, que poderá alternar entre diversas opções de mostrador – como o visor do GPS, por exemplo. A tela TFT de 10″ vira junto com uma central multimídia de última geração, com tela de 8″ sensível ao toque, trabalhando integrada ao quadro de instrumentos.
Novo VW Polo plataforma

Construtivamente, o Polo nacional será 20 mm mais alto de suspensão que o europeu, mantendo o esquema McPherson na dianteira e eixo de torção na traseira. Rodas serão aro 15″, 16″ ou 17″, dependendo da versão. No porta-malas, o carro brasileiro perderá capacidade em relação ao europeu, por conta do estepe (na Europa ele usa um kit reparador de furos). Por aqui, o compartimento terá cerca de 300 litros.


fonte: Carplace
youtube

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com a presença de Neto, Chapecoense apresenta elenco para 2017

AS MAIS VISTAS

Seguidores

COMPARTILHAR POSTAGENS