ANUNCIE SEU PRODUTO - e-mail net4eduardo@gmail.com - Apoio crescente ao general Mourão aumenta tensão nos quartéis - ANUNCIE SEU PRODUTO - email net4eduardo@gmail.com - Após zerar testes de colisão, Onix terá reforços estruturais - Minístro da Fazenda Henrique Meirelles é hostilizado em Nova York, assista

domingo, 25 de junho de 2017

Semana após semana, a ROTA vai desmanchando o tráfico em São Paulo

Resultado de imagem para rota

Na semana passada, a ROTA fez uma grande operação contra o tráfico e apreendeu cerca 100 kgs de drogas. Hoje, além de entorpecentes, dinheiro e uma prisão, tirou uma metralhadora das mãos dos terroristas urbanos


PMs de ROTA saindo de forma em direção às suas viaturas


foto: Major PM Luis Augusto Pacheco Ambar
PMs de ROTA saindo de forma em direção às suas viaturas
A ROTA trabalha 24 horas por dia, 7 dias por semana, em três turnos. Hoje, uma equipe matutina composta por trinta e três PMs desta Tropa de Elite realizou uma operação de sucesso que alinhou com eficiência a área de inteligência da Polícia Militar com a conhecida tática operacional das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar, apreendendo centenas de porções de cocaína e maconha, uma metralhadora, dinheiro e efetuando uma prisão. 

Peça chave nesta missão foi o Tenente Morato, que está na ROTA há apenas seis meses, e que nos explicou em detalhes como foi o seu dia de trabalho. "Estou na ROTA há pouco tempo, mas conto com a experiência de outros Policiais Militares que já estão aqui há 17 anos", diz Morato.

Diariamente os Policiais de ROTA passam por 3 horas de treinamento dentro do Quartel

foto: Major PM Luis Augusto Pacheco Ambar
Diariamente os Policiais de ROTA passam por 3 horas de treinamento dentro do Quartel
Diariamente, os PMs de ROTA que fazem parte do turno matutino, se apresentam no Quartel às 7h da manhã e cumprem um programa de 3 horas de treinamento antes de sair para as ruas em patrulhamento, ou para uma missão especifica. Todos Policiais recebem instrução das mais variadas atividades como aulas sobre legislação, exercício físicos, treinamentos para uso de equipamentos, simulações de abordagens, instruções de direção, treinamento das funções específicas de cada ocupante do carro e estudos detalhados de ocorrências anteriores.
"Reunimos as equipes do pelotão, ainda sem o fardamento operacional, e fazemos todo um trabalho de preparação para a missão que nos espera. São estudos técnicos, táticos e físicos que fazem parte do nosso dia a dia e que irão ajudar o bom desempenho do nosso trabalho", revelou Tenente Morato.

Viaturas de ROTA saindo do Quartel, iniciando uma patrulha

foto: Major PM Luis Augusto Pacheco Ambar
Viaturas de ROTA saindo do Quartel, iniciando uma patrulha
Normalmente a ROTA sai em patrulhas individuais; um grupo de viaturas é alocado para uma área da cidade, mas cada uma, com quatro Policiais cada, atua de forma autônoma. Todas estão em constante contato, e em caso de necessidade se agrupam rapidamente. Mas não foi isso que aconteceu hoje.

Há algum tempo a ROTA passou a fazer frequentes operações cirúrgicas de saturação, usando várias viaturas simultaneamente para efetuar ataques diretos nos centros de distribuição de drogas, controlados por traficantes que operam no atacado. Essas incursões semanais nascem da área de inteligência, que através de várias técnicas de monitoramento e coleta de informações, abastece as equipes operacionais, que efetuam estas operações semanais.

Abordagem de um suspeito. Como todas as ações dos Policiais de ROTA, esta também é exaustivamente ensaiada

foto: Major PM Luis Augusto Pacheco Ambar
Abordagem de um suspeito. Como todas as ações dos Policiais de ROTA, esta também é exaustivamente ensaiada
"Hoje, por volta das 9h, reunimos os Policiais no pátio do Quartel, todos com as fardas operacionais, com os característicos Braçal de couro e Boina preta da ROTA. Todo nosso material de trabalho, armas e viaturas, prontas, limpas e testadas, preparados para agir em qualquer tipo de operação na cidade de São Paulo. A ação de hoje foi toda pensada e planejada com antecedência, envolvendo a inteligência da Polícia Militar. Quando saímos do Quartel, as equipes já sabiam o destino, quais os alvos desejados e o papel desempenhado por cada um de nós", afirmou o Tenente Morato, que fez parte do Pelotão de oito viaturas e trinta e três homens que participaram, nesta sexta-feira (23), da incursão na comunidade do Nhocuné, zona leste de São Paulo.

Abordagem eficaz


"Eu, o Tenente Diego, Cabo Willian, Cabo dos Anjos e Cabo Donizete estávamos em incursão por becos da comunidade, quando avistamos um indivíduo que, ao nos ver, alterou seu comportamento demonstrando nervosismo. Com isso, praticamente se entregou. Fizemos a abordagem e a pesquisa criminal apontou que já tinha passagem por roubo. Com ele, também encontramos a chave de uma residência, onde, ele acabou confessando, era o local em que escondia drogas. Nas buscas dentro da casa, achamos drogas, uma metralhadora, munição e também a contabilidade do tráfico", revelou o PM.

ROTA operação comunidade Nhocuné - Apreensão de cocaína, maconha, dinheiro, metralhadora, munição e a contabilidade do tráfico. Mais um golpe nos terroristas urbanos

Major PM Luis Augusto Pacheco Ambar
ROTA operação comunidade Nhocuné - Apreensão de cocaína, maconha, dinheiro, metralhadora, munição e a contabilidade do tráfico. Mais um golpe nos terroristas urbanos

Ao todo, os Policiais acabaram apreendendo 1350 porções de cocaína, 346 de maconha, R$ 940, uma metralhadora 9mm, 22 munições, dois aparelhos de telefone celular e anotações dos traficantes. O suspeito foi encaminhado para o 65º Distrito Policial e vai responder pelo crime tráfico de drogas.

ROTA:Operação comunidade Nhocuné - Drogas e anotações apreendidas

Divulgação/Polícia Militar
ROTA:Operação comunidade Nhocuné - Drogas e anotações apreendidas
"O crime vai se adaptando às nossas ações para evitar a cadeia e o prejuízo, provavelmente vão tentar de alguma maneira esconder as drogas de um jeito diferente. É aí que nossa experiência e treinamento nos ajuda a perceber e analisar pequenos detalhes que nos levam ao sucesso no combate ao crime", disse o Tenente.

A Operação desta sexta-feira já acabou, mas a ROTA segue na região em patrulhamento. "Sempre vai facilitar nosso trabalho as informações dos moradores, tanto no momento da operação, quanto no 181 do disque denúncia, ou 190 do COPOM. O tráfico representa é uma séria ameaça para os cidadãos de bem e eles entendem isso e nos ajudam a fazer nosso trabalho, ligando inclusive no telefone da base (3315-0188)", finaliza o Tenente 
Morato.

ROTA:Operação comunidade Nhocuné - Centenas de doses de cocaína e maconha apreendidos
Divulgação/Polícia Militar

ROTA:Operação comunidade Nhocuné - Centenas de doses de cocaína e maconha apreendidos
O novo Comandante da ROTA, Tenente Coronel PM Mello Araújo, garante que este tipo de operação frequente e ostensiva, com alvos pré-determinados, vai continuar e ser intensificada. A população de bem, que vive acuada por estes verdadeiros terroristas urbanos, agradece.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Com a presença de Neto, Chapecoense apresenta elenco para 2017

POSTAGEM EM DESTAQUE

Brasil: impunidade favorece violência no trânsito

AS MAIS VISTAS

Seguidores

COMPARTILHAR POSTAGENS