Postagem em destaque

Volkswagen vai conceder féria coletivas na fábrica de Taubaté, SP

A Volkswagen vai dar férias coletivas, por quase um mês, de 20 de agosto a 18 de setembro, para funcionários da fábrica em Taubaté (SP). ...

sexta-feira, 18 de maio de 2018

Trabalhadores da Scania aprovam acordo coletivo para dois anos

Adonis Guerra - Divulgação Sindicato dos Metalúrgicos do ABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Em assembleia realizada nesta quinta-feira, os trabalhadores aprovaram por unanimidade as cláusulas econômicas do acordo coletivo com validade de dois anos. A proposta aprovada, negociada pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e a montadora, garante reposição salarial pelo INPC na data-base (setembro), aumento real de 2% a partir de janeiro de 2019 e PLR (Participação nos Lucros e Resultados), paga em duas parcelas (junho/18 e janeiro/19). 

Em assembleia realizada nesta quinta-feira, os trabalhadores aprovaram por unanimidade as cláusulas econômicas do acordo coletivo com validade de dois anos. A proposta aprovada, negociada pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e a montadora, garante reposição salarial pelo INPC na data-base (setembro), aumento real de 2% a partir de janeiro de 2019 e PLR (Participação nos Lucros e Resultados), paga em duas parcelas (junho/18 e janeiro/19). 

Para 2019 os pagamentos seguem o mesmo calendário. A negociação garantiu também a introdução de um vale-compras mensal a partir da data-base deste ano. O acordo termina em janeiro de 2020, com o pagamento da segunda parcela da PLR. 

“Conseguimos, nessa negociação, recuperar as perdas dos últimos anos, principalmente 2015 e 2016, quando tivemos de fazer negociações abaixo do índice do INPC. Naquele momento os trabalhadores entenderam a situação. Agora é o momento de recuperar”, avaliou Regis Guedes, coordenador do Comitê Sindical na Scania. O diretor-executivo do Sindicato e trabalhador na montadora, Carlos Caramelo, lembrou que “o momento vivido hoje na fábrica é resultado de negociações anteriores que visaram novos investimentos, vinda de produtos e garantias de exportação, construídas a partir da mobilização dos trabalhadores”. 

A fábrica de São Bernardo é a única planta da Scania no Brasil. A empresa produz caminhões, chassis para ônibus e motores para geradores. Atualmente a montadora possui 4,2 mil trabalhadores. 



fonte: Diario do Grande ABC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMPARTILHE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

Scorpions - The Concert Live in Munich - Show Completo

Flagra! Chevrolet Spin renovada é vista disfarçada antes da estreia