Postagem em destaque

Conheça a trajetória de Carlos Chosn preso no Japão, o executivo que virou 'titã' da indústria automotiva

A montadora afirmou, em nota, que conduziu uma investigação interna por vários meses e descobriu que  Ghosn "subnotificou seus rendi...

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

Conheça os candidatos milionários do Vale, ex prefeito de Pinda, Vito Ardito Lerário tem patrimônio de R$ 20,9 milhões

A imagem pode conter: 1 pessoa, barba
Imagem Rede Social 
Grupo dos 'milionários' é responsável por 75,86% do total de bens dos 101 candidatos da região que declararam patrimônio à Justiça Eleitoral; outros 40 postulantes ligados ao Vale não cadastraram bens no sistema do TSE
Xandu Alves@xandualves10
O Vale do Paraíba tem 22 candidatos que concorrerão nas eleições de outubro com patrimônio declarado ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) acima de R$ 1 milhão.
O grupo dos "milionários" é responsável por 75,8% do total de bens dos 101 candidatos da região que declararam patrimônio. Outros 40 postulantes não cadastraram bens no sistema do TSE.
Juntos, os 22 candidatos somam R$ 67,9 milhões em patrimônio dos R$ 89,6 milhões declarados pela totalidade dos postulantes da RMVale.
A lista conta com seis empresários, quatro professores, três médicos, dois advogados, dois deputados, dois vereadores e um representante de comerciante, jornalista e policial militar.
De acordo com dados do TSE, o ex-prefeito de Pindamonhangaba e empresário, Vito Ardito Lerário, que concorre a deputado estadual pelo PP, é o mais rico da lista, com patrimônio declarado de R$ 20,9 milhões, 23,43% do total da região.
De Guaratinguetá, o deputado federal Marcelo Ortiz (Pode), que tenta a reeleição, é o segundo entre os "milionários", com R$ 8,4 milhões (9,4% do Vale). Natural de Santa Branca, o médico Miguel Isaac (PSDB) é o terceiro, com patrimônio de R$ 5,9 milhões (6,5%).
Uma das quatro mulheres entre os 22 mais ricos, a empresária Michelli Veneziani, de Lorena, concorre a deputado estadual pelo PSDB e declarou R$ 5,4 milhões (6,1%).
Na turma do 'top 22', estão presentes os dois candidatos à Presidência da República nascidos em Pindamonhangaba: Geraldo Alckmin (R$ 1,038 milhão) e Ciro Gomes (R$ 1,6 milhão). A última desta lista é a coronel Eliane Nikoluk, candidata a vice-governadora pelo PR, com R$ 1,023 milhão.
Intermediários, candidatos têm bens declarados de até R$ 950 mil
Além dos candidatos mais ricos, há um grupo intermediário de 54 pessoas do Vale do Paraíba que concorrerão nas eleições de outubro e declararam patrimônio entre R$ 950 mil e R$ 110 mil. A liderança é do contador Ditinho Ilhabela, candidato pelo Pros a deputado estadual. Renata Paiva (PSD), vereadora em São José e candidata a deputada estadual, é a segunda deste grupo, com patrimônio de R$ 871,9 mil. O terceiro é Luiz Claudio Nogaroto (Pode), fiscal de Tremembé que tenta se eleger deputado federal, com R$ 851,5 mil em bens. Abaixo deles, a lista vai de R$ 81 mil a R$ 1.000.

fonte: O Vale

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

COMPARTILHE