Postagem em destaque

Regina Duarte reafirma apoio a Bolsonaro e é criticada por colega

A atriz visitou o candidato do PSL à Presidência na sexta-feira. Neste sábado, o ator José de Abreu disse que respeitou a posição de Regi...

terça-feira, 18 de setembro de 2018

Filho do ditador amigo de Lula trazia U$ 16 milhões de dólares para o Brasil em época de campanha

Resultado de imagem para vice-presidente da Guiné Equatorial lula

O vice-presidente da Guiné Equatorial Teodoro Nguema  Obiang, filho de Teodoro Nguema, o ditador mais antigo da África e amigo do ex-presidente Lula, foi flagrado entrando no Brasil com cerca de U$ 16 milhões de dólares.

A Polícia Federal abordou a comitiva do vice-presidente  quando o grupo desembarcava  aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP) e encontrou cerca de US$ 16 milhões em dinheiro e relógios de luxo nesta sexta-feira (14).

Segundo o UOL, "A abordagem ocorreu no aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP). A aeronave B777-200LR desembarcou na cidade paulista com 11 passageiros. Obiang foi recepcionado e por causa das prerrogativas do cargo não foi inspecionado, mas sua equipe passou pelo crivo da Receita Federal.

Segundo fontes ouvidas pelo jornal O Estado de S. Paulo, dentro de maletas em posse na comitiva foi encontrada "vultosa soma de dinheiro em espécie, em diversas moedas" e pertences de "elevado preço".

Durante a abordagem, além da elevada quantia em dinheiro em espécie, os policiais encontram várias joias e relógios".

A comitiva desembarcava no Brasil em pleno período eleitoral. No mercado negro, relógios caros são convertidos com facilidade em dinheiro vivo.


fonte: Imprensa Viva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMPARTILHE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

Entre em nosso Grupo de Notícias WhatsApp

Flagra! Chevrolet Spin renovada é vista disfarçada antes da estreia