Postagem em destaque

No trecho do Vale caminhoneiros também fazem protestos na Dutra

Caminhoneiros fizeram protestos e chegaram a bloquear a Dutra na madrugada desta segunda-feira (10) no trecho do Vale do  Paraíba. Segund...

segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Igreja Universal participa de posse de Dias Toffoli como presidente do STF

 O Bispo Eduardo Bravo ao lado do ministro Dias Toffoli
Igreja foi representada pelo Bispo Eduardo Bravo, já que o Bispo Edir Macedo não pode comparecer por causa da uma viagem missionária.

A convite do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Dias Toffoli, a Igreja Universal participou de sua posse como novo presidente da Corte, que aconteceu nesta quinta-feira (13) em Brasília (DF).
A Igreja foi representada pelo Bispo Eduardo Bravo, já que o Bispo Edir Macedo não pode comparecer por causa da uma viagem missionária. 
O evento contou com a presença do presidente Michel Temer (MDB), o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e do Senado Federal, Eunício Oliveira, o presidente do Conselho Federal da OAB (Ordem dos Advogados Brasil), Claudio Lamachia, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, parlamentares, governadores, ministros de Estado, presidentes de tribunais entre outras autoridades.
Dias Toffoli propôs, em seu discurso de posse, um Pacto Nacional mediante um diálogo franco e propositivo com os demais Poderes da República. Toffoli também será o presidente do CNJ (Conselho Nacional de Justiça). 
“A harmonia e o respeito mútuo entre os Poderes da República são mandamentos constitucionais”, ressaltou o novo chefe do Poder Judiciário. “Não somos mais nem menos que os outros Poderes. Com eles e ao lado deles, harmoniosamente, servimos à Nação brasileira”. 



O Bispo Eduardo Bravo cumprimentou o novo presidente do STF. “Transmiti ao ministro Toffoli uma saudação especial do Bispo Macedo e da Universal. Parabenizei-o pela posse, lembrando o que disse o salmista: ‘Justiça e juízo são a base do Trono de Deus’. Quando um magistrado exerce a Justiça, está em conexão com as escrituras sagradas”, explicou.
“Também desejei ao ministro todo sucesso no mandato, e que Deus o abençoasse poderosamente”, disse. 
Trajetória de Dias Toffoli
José Antônio Dias Toffoli deixou o cargo de advogado-geral da União, que exerceu entre março de 2007 e outubro de 2009, para assumir vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal por indicação do então presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva.

fonte: R7
youtube

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

COMPARTILHE