Postagem em destaque

No trecho do Vale caminhoneiros também fazem protestos na Dutra

Caminhoneiros fizeram protestos e chegaram a bloquear a Dutra na madrugada desta segunda-feira (10) no trecho do Vale do  Paraíba. Segund...

sábado, 29 de setembro de 2018

Os coronéis de Haddad, o poste do Lula




O PT não mede esforços para eleger o poste do presidiário.
Para isso, Haddad topou até beijar a mão de coronéis antes apontados como “golpistas” pelo seu partido.


Tal incoerência e oportunismo seriam surpreendentes, caso o partido em questão não fosse o PT.
Mas não deixam de ser repugnantes.
E mostram a gravidade da trama tecida nos bastidores para retomar o poder.
Isso torna o processo eleitoral ainda mais decisivo.
Não resta a menor dúvida que apenas um desses caminhos irá selar o seu destino pelos próximos anos:
1— Ou o país retoma as rédeas do crescimento, com a aprovação das reformas estruturais necessárias para resgatar a economia do limbo;
2— Ou retrocede à antiga matriz populista, responsável pelas atuais mazelas como desemprego, inflação, falência da indústria e total desajuste nas contas públicas.
Mas, apesar da importância histórica destas eleições, a imprensa não está falando toda a verdade para você.
Não espere até outubro para ser pego de surpresa.
Pense que diferença faria se todos estivessem vigilantes há exatos quatro anos.
Às vésperas da reeleição de Dilma Rousseff, em outubro de 2014, as verdadeiras intenções da ex-presidente não eram plenamente conhecidas.
E o resultado foi catastrófico
fonte: Antagonista

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

COMPARTILHE