sexta-feira, 14 de junho de 2019

Greve geral fracassa no Rio - Ônibus têm circulação normal apesar do anúncio de greve

No terminal da Central do Brasil, ônibus circulam normalmente
A circulação de ônibus no minicípio do Rio, desde o início desta manhã, acontece normalmente, apesar do anúncio feito pelo Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus do Rio de Janeiro (Sintraturb Rio) da paralisação por 24 horas, programada para esta sexta-feira.
Pouco antes das 5h, ônibus eram vistos circulando em diversas vias do Centro. Na Central do Brasil, passageiros contaram que não tiveram dificuldades para chegar no trabalho. O despachante de veículos Wanderson Correa, de 43 anos, veio de Niterói, na Região Metropolitana, para a Central. Ele disse que não teve dificuldade para pegar o ônibus.
— Normalmente pego a linha 520 até a Central. Hoje embarquei no horário de sempre. Está tudo normal — afirmou o despachante.

Para a diarista Régia Leila, de 59 anos, a vinda de Nova Iguaçu para a Central teve apenas uma diferença: o ônibus estava mais vazio.
— O ônibus não atrasou e fez o caminho normalmente. No entanto, percebi que menos pessoas estavam no veículo. Acho que elas ficaram com medo de sair de casa e não chegarem ao trabalho por causa da greve.
Já a supervisora de serviços gerais Rosângela França, de 57 anos, disse que sentiu que ônibus atrasou um pouco.
— Eu venho de Caxias para a Central. Peguei a linha 478. Sentiu que o ônibus demorou um pouco mais para chegar. Mas não estava lotado e a circulação me parecia normal.
A diarista Vera Lúcia de Sousa, de 59 anos, veio de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Segundo ela, não houve problemas para embarcar no coletivo.
- Peguei a linha 490, às 4h20. Não tive dificuldades para embarcar no ônibus. Não atrasou e nem estava cheio. Veio até mais rápido que o normal.
Apesar do anúncio de greve, a circulação de metrô, trens e BRT também está normal na manhã desta sexta-feira. De acordo com um boletim divulgado pelo Centro Integrado de Mobilidade Urbana (Cimu), todos os ramais do trem, assim como os corredores do BRT Transcarioca, Transoeste e Transolímpica e as Linhas 1, 2 e 4 do metrô, seguem com a circulação regular.
A cozinheira Mônica Rios, de 57 anos, não teve dificuldades de vir da estação de trem de Austin para a Central.
— Percebi que o vagão estava mais vazio. Mas peguei o trem no horário normal, sem nenhum problema.
O mesmo relatou o auxiliar de cozinha Antônio Marcos, de 40 anos, que utilizou o metrô até a Central.
— Embarquei na estação Fazenda Botafogo e está tudo tranquilo. Não demorei para chegar aqui.
fonte: Extra.Globo.com

Nenhum comentário:

COMPARTILHE