Postagem em destaque

"Manifestação dia 30 de junho tem atos pró-Moro em SP, RJ e Curitiba. Veja lista de cidades"

Domingo dia 30 de junho haverá manifestação pró-Moro e pró-Lava Jato em mais de 150 cidades|  "O ministro da Justiça e Segurança Pú...

Não achou a matéria? Pesquise aqui!

quinta-feira, 6 de junho de 2019

Pesquisa: Bolsonaro tem aprovação de 55,7% de como governa para eleitores de São José dos Campos, SP


Avaliação do presidente foi medida pelo levantamento OVALE/Paraná Pesquisas, que ouviu 718 eleitores de São José no fim de maio; 55,7% aprovam a maneira de Bolsonaro governar, 39,1% desaprovam e 5,2% não opinaram

Da redação@jornalovale | @jornalovale
O governo Jair Bolsonaro (PSL) é avaliado como ótimo ou bom por 39,6% dos eleitores de São José dos Campos, e como ruim ou péssimo por 29,2% dos votantes, segundo levantamento OVALE/Paraná Pesquisas.
Foram ouvidos 718 eleitores da cidade entre os dias 27 e 31 de maio. O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 3,5 pontos percentuais, para mais ou para menos.
Dos eleitores ouvidos, 12,3% classificaram o governo Bolsonaro como "ótimo". Já 27,3% disseram que é "bom". Outros 29,2% afirmaram que é "regular". "Ruim" foi a opção de 12,3%. E para 16,9% a gestão pesselista é "péssima". Não sabem ou não opinaram somou 2,1%.
A pesquisa também questionou se os eleitores aprovam ou desaprovam a administração Jair Bolsonaro.
Dos votantes ouvidos, 55,7% disseram que aprovam a forma do presidente governar. Outros 39,1% afirmaram que desaprovam. E 5,2% não sabem ou não opinaram.
Na estratificação por sexo, o percentual de eleitores que aprovam o governo é maior entre homens (58,9%) do que entre mulheres (52,8%).
Já em relação à faixa etária, a aprovação do presidente é maior entre votantes de 60 anos ou mais (58,2%), de 45 a 59 anos (58%), de 35 a 44 anos (57%) e de 25 a 34 anos (56,5%), e menor entre os eleitores de 16 a 24 anos (45%) -- nessa última faixa etária, o índice dos que desaprovam é maior (52%).
Com relação à escolaridade, a aprovação de Bolsonaro é maior entre aqueles que têm ensino superior (64,2%), e menor entre os que têm ensino fundamental (49,7%) e médio (55,1%).
Entre eleitores que integram a PEA (População Economicamente Ativa), a aprovação é de 57,3%. Entre os que não fazem parte da PEA, de 52,2%.
PSL vê resultado positivo e afirma que presidente é alvo de ataques da imprensa
Para Anderson Senna, líder do PSL em São José, "cerca de 70% das pessoas enxergam o governo de forma positiva, e esperam coisas boas dele" - para isso, ele somou os percentuais de ótimo, bom e regular (68,8%). Sobre o fato de 39,1% terem afirmado que desaprovam Bolsonaro, Senna disse que "muitas pessoas não tendem a acompanhar de perto as medidas que são tomadas pelo governo federal. Então, acabam sendo induzidas pela grande imprensa, que se levantou contra Bolsonaro".

"Existem assuntos polêmicos, como a Previdência, que muita gente ainda não conseguiu entender a importância da aprovação. Mas defendo que a projeção é positiva. Estamos trabalhando para desconstruir um sistema e uma ideologia que estavam sangrando o país".
PT afirma que governo Bolsonaro 'desidratou' muito rápido na cidade
Macaque in the treesPara o presidente do PT em São José, André Diniz, a aprovação de 55,7% é sinal de que Bolsonaro "desidratou muito rápido" na cidade - no segundo turno da eleição de 2018, o pesselista obteve 76,21% dos votos válidos em São José.
"Ele desidratou muito e rapidamente na cidade. Isso é um reflexo da incapacidade de governar. Se [essa diferença] fosse em dois anos de governo, poderia ser normal. Em tão pouco tempo, é muito representativo", disse. "A população já percebeu a falta de capacidade de governar. É um governo que não tem prioridades, vive em atritos, não ouve opinião pública, não ouve o Congresso. Tenta governar aos trancos e barrancos".

fonte: O Vale

Nenhum comentário:

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

COMPARTILHE