Postagem em destaque

Pesquisa: Bolsonaro bate Lula em SP, ES, RS e DF

O deputado Jair Bolsonaro, pré-candidato à Presidência pelo PSL, já coloca em xeque a liderança de Lula nas pesquisas eleitorais em vári...

domingo, 28 de janeiro de 2018

Seu dinheiro; Vereadores de Taubaté somaram 498 viagens no ano passado

Resultado de imagem para camaras Taubaté
Isso significa que, a cada dia útil de 2017, em média dois parlamentares estavam fora de Taubaté, em viagens oficiais; OVALE move ação na Justiça para que Câmara seja obrigada a divulgar relatórios das viagens parlamentares
Julio Codazzi@juliocodazzi
A cada dia útil de 2017, em média dois dos 19 vereadores de Taubaté estavam fora da cidade, para viagens oficiais.
O levantamento foi feito pela reportagem com base em balanços mensais que a Câmara começou a divulgar em seu Portal da Transparência em outubro, em resposta a uma ação judicial protocolada em setembro pelo jornal, que pede acesso aos relatórios das viagens realizadas entre janeiro e maio do ano passado.
Esses balanços mostram que os vereadores realizaram 498 viagens oficiais em 2017.
Em 122 das viagens os parlamentares solicitaram ressarcimento por despesas, como deslocamento dentro da cidade (táxi, por exemplo) e alimentação - o limite, no ano passado, era de R$ 275,73 por dia de viagem.
Essas despesas, que somara R$ 19.295,84, precisam ser comprovadas por notas fiscais. A Câmara se recusa a divulgar esses comprovantes - esse é o motivo da ação movida pelo jornal, já que a LAI (Lei de Acesso à Informação) garante o acesso.
RANKING.
Cada gabinete pode realizar oito viagens por mês, o que totaliza 98 por ano.
Em 2017, o vereador que mais utilizou essa cota foi Bilili de Angelis (PSDB), com 58 viagens, sendo que sete delas tiveram ressarcimento de despesas, somando R$ 1.310,76.
Alexandre Villela (PTB), com 55 viagens, é o segundo do ranking. No entanto, ele só requereu ressarcimento de despesas em uma delas, totalizando R$ 239.
O terceiro vereador com mais viagens foi o presidente da Casa, Diego Fonseca (PSDB), com 54, totalizando R$ 1.487,79 em despesas ressarcidas.
O 'top 5' de viagens é completado por: Jessé Silva (SD), com 48 viagens e R$ 5.773,09 em despesas; e Neneca (PDT), com 37 viagens e R$ 208,79 em gastos ressarcidos.
Os vereadores alegam que as viagens são necessárias para a atividade parlamentar e que trazem benefícios ao município, como emendas parlamentares e também intercâmbio de projetos. Apenas Guará Filho (PR) e Loreny (PPS) não fizeram viagens com a estrutura oficial no ano passado..

fonte: O Vale

COMPARTILHE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

Scorpions - The Concert Live in Munich - Show Completo

Flagra! Chevrolet Spin renovada é vista disfarçada antes da estreia