Postagem em destaque

Brasil na Copa: Barbara Gerneza, jornalista russa, fala sobre assédio de torcedores brasileiros

Barbara fazia reportagem sobre torcedores na Copa do Mundo da Rússia quando foi surpreendida pela atitude de um grupo de 14 brasileiros; ...

terça-feira, 2 de maio de 2017

GM pode perder US$ 100 milhões após Venezuela “tomar” fábrica

Chevrolet Orlando

Poucos dias após o governo ter “confiscado” a fábrica da General Motors na Venezuela, a empresa norte-americana afirmou que irá desconsolidar suas operações no país. Na prática, isso vai impactar na redução dos lucros globais em até US$ 100 milhões.

Anunciada nesta terça-feira (2), a medida significa que a GM deixa de considerar os lucros ou prejuízos das operações na Venezuela para os resultados totais da América do Sul. Todavia, esta é uma medida temporária (enquanto o processo tramita na justiça) e não significa que a marca esteja saindo do país de forma definitiva.

“A empresa espera uma decisão rápida e um resultado favorável”, disse a GM em um comunicado. “Os executivos da GM têm manifestado a vontade de conversar com funcionários do governo e líderes sindicais sobre as circunstâncias em que poderia ser possível iniciar a produção e empregar um número de trabalhadores com um novo modelo de negócios, viável.”

Com operações reduzidas pela crise que já dura um certo tempo, a GM vendia apenas três modelos de passeio no país (Aveo, Cruze e Orlando) e um caminhão, o NPR. O fechamento da fábrica causou graves danos a seus 2.678 trabalhadores, 79 concessionários e fornecedores (representando mais de 55% da indústria de autopeças na Venezuela).


Fonte: Automotive News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMPARTILHE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

Scorpions - The Concert Live in Munich - Show Completo

Flagra! Chevrolet Spin renovada é vista disfarçada antes da estreia