Enquete: Qual candidato merece o seu voto para ser presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de SJC

fonte: Enquete.com.br

sábado, 3 de fevereiro de 2018

Violência sem controle, Rio de Janeiro tem 7 baleados em 15 horas

Imagem relacionada

Ao menos sete pessoas foram baleadas em 15 horas horas na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, entre as 18h desta sexta-feira (2) e 9h deste sábado (3). Duas delas morreram.

Um dos mortos, de acordo com a Polícia Militar, é David Grigorio, de 38 anos. Ele foi atingido na porta de um supermercado na rua Cândido Benício, uma das principais do bairro Praça Seca, na Zona Oeste da cidade, por volta das 20h.

O outro morto, segundo a corporação, é um suspeito atingido durante troca de tiros na Rocinha, favela em São Conrado, na Zona Sul do Rio.


Vítima mais recente


Desde a tarde desta sexta, a região da Praça Seca, na Zona Oeste, tem registrado intensos confrontos armados entre grupos de milicianos e traficantes que disputam o controle do território. A vítima mais recente do conflito é uma mulher de 39 anos atingida no por volta das 9h deste sábado.
Na sexta, dois homens haviam sido baleados por volta das 20h na porta de um supermercado também na Cândido Benício, que é uma das principais vias do bairro.


Um deles foi David Grigiorio, que chegou a ser socorrido para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Madureira, mas não resistiu ao ferimento. A outra vítima foi identificada como Wellington Aurelio Castro, de 25 anos, que foi socorrido para o Hospital das Clínicas de Jacarepaguá e operado durante a noite.

Pelas redes sociais, nesta manhã de sábado, moradores da região relataram que os tiroteios recomeçaram. A PM informou que reforça o policiamento na região.

Assalto na Av. Brasil

Durante a madrugada, na Avenida Brasil - uma das principais vias da cidade -, o conflito fez mais uma vítima. Um jovem de 21 anos identificado como Emanuel Octavio de Oliveira Resende foi baleado na cabeça numa tentativa de assalto, na altura de Bangu, na Zona Oeste.

A noite foi violenta também na Rocinha, favela na Zona Sul da cidade, em 
ão Conrado. Segundo informações do 23º BPM (Leblon), duas pessoas 
foram atingidas durante uma troca de tiros entre criminosos e PMs da UPP na comunidade. Uma delas morreu.

Além das duas vítimas na Zona Sul, um policial militar foi baleado na cabeça após reagir a uma tentativa de assalto em Itaboraí, na Região Metropolitana do Rio. O militar foi socorrido e levado para o Hospital João Batista Caffaro.

Segundo a Polícia Militar, o policial estava em uma lanchonete no bairro Manilha quando foi abordado por dois homens que passaram pelo local em um carro prata.

Ele entrou em luta corporal com os assaltantes, foi atingido por um tiro na cabeça e teve a arma levada pelos bandidos. O policial foi socorrido por testemunhas que estavam na lanchonete.

fonte: G1
youtube

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Malafaia defende Bolsonaro e critica imprensa: “Vão eleger ele no 1º Turno”

AO VIVO - TV Canção Nova

AS MAIS VISTAS