terça-feira, 10 de dezembro de 2019

Odebrecht revela que obras com dinheiro do BNDES em Cuba aconteceram após pedido de Lula

Em entrevista ao Jornal Folha de São Paulo, Marcelo Odebrecht revelou que “Lula pediu para que a Odebrecht fizesse um projeto em Cuba.”Segundo o presidente da maior empreiteira do país, a empresa decidiu entrar em Cuba após um pedido de Lula:
“Isso começou porque Lula estava visitando o país, passou por uma estrada deteriorada e disse que tinha condições de ajudar. Era para fazer a estrada exportando serviços do Brasil, para gerar emprego, renda e arrecadação, e ajudar Cuba a desenvolver o projeto.”
Porém, Marcelo relata que a melhor opção para usar dinheiro brasileiro do BNDES para ajudar Cuba seria construir um Porto:
“Mas a gente avaliou as oportunidades e identificou que o melhor para o Brasil, economicamente e do ponto de vista de exportação de bens e serviços, era fazer um porto em Cuba.”
O porto, segundo Marcelo, serviria para Cuba eventualmente ajudar empresas brasileiras, o que não ocorreu:
“O porto também seria um gerador de divisas internacionais, o que ajudaria a pagar o financiamento. Vimos o porto como um local que ajudaria a economia de Cuba. E a nossa expectativa, que infelizmente acabou não se confirmando, até pelo esgarçamento da relação com o Brasil, era que mais empresas brasileiras poderiam se beneficiar do porto em si. Mas infelizmente essa parte ficou pelo caminho.”
Marcelo afirma que Cuba foi o único país que o governo Lula teve uma maior ‘boa vontade’em aprovar o envio de dinheiro do BNDES:O único país que a gente percebeu que houve uma boa vontade maior, uma atuação, um esforço maior do governo para ajudar a aprovar o crédito [do BNDES] foi na questão de Cuba.”
fonte: República de Curitiba

Nenhum comentário:

Postagens mais visitadas