Postagem em destaque

Fique atento! Criminosos disfarçados de funcionários da EDP aplicam golpes em São José, SP

Criminosos disfarçados de funcionários da EDP, concessionária de energia que atende 19 cidades da região, aplicam golpes em clientes em ...

sábado, 14 de abril de 2018

Mísseis saíram de caças, submarinos e navios; veja como foi a ofensiva



 Obombardeio de Estados Unidos, França e Reino Unido a alvos supostamente relacionados a armas químicas na Síria começou por volta das 4h da madrugada na Síria (22h de sexta-feira em Brasília), no momento em que o presidente norte-americano Donald Trump anunciava a ação.

Imagens divulgadas pelo Pentágono mostram antes e depois de área atacada pelos EUA, Reino Unido e França. (Foto: Divulgação)

A Rússia chegou a afirmar que a defesa antiaérea síria interceptou 71 mísseis, no entanto, o Departamento de Defesa dos EUA disse que nenhum dos 105 mísseis disparados sofreu interferência.

Imagens divulgadas pelo Pentágono mostram antes e depois de área atacada pelos EUA, Reino Unido e França. (Foto: Divulgação)


Os alvos


Centro de pesquisa e desenvolvimento Barzah
  • Localização: na região da grande Damasco
  • Suspeita de produção e testes de tecnologia química e biológica
  • Armas: 76 mísseis (57 Tomahawk e 19 Jassm)

Imagens divulgadas pelo Pentágono mostram antes e depois de área atacada pelos EUA, Reino Unido e França. (Foto: Divulgação)
Armazém em Him Shinshar
  • Localização: perto de Homs
  • Suposto depósito de gás sarin e equipamentos de produção
  • Armas: 22 mísseis
Bunker em Him Shinshar
  • Localização: Homs
  • Suposto depósito de armas químicas e posto de comando
  • Armas: 7 mísseis

  • Centro de pesquisa científica destruído por bombardeios dos EUA, França e Reino Unido na Síria (Foto: Omar Sanadiki/Reuters)

De onde saíram os mísseis?





Lançamento de míssil de navio francês no Mar Mediterrâneo em direção a alvos na Síria (Foto: ECPAD / via AFP Photo)
Lançamento de míssil de navio francês no Mar Mediterrâneo em direção a alvos na Síria (Foto: ECPAD / via AFP Photo)


Navios no Mar Vermelho

Bombeiro sírio apaga chamas em centro de pesquisa científico destruído após ataque de EUA e aliados (Foto: Omar Sanadiki/Reuters)
Bombeiro sírio apaga chamas em centro de pesquisa científico destruído após ataque de EUA e aliados (Foto: Omar Sanadiki/Reuters)
  • Cruiser USS Monterey - 30 mísseis Tomahawk
  • Destroyer USS Laboon - 7 mísseis Tomahawk
  • Caça se preparando para decolar como parte da operação conjunta de ataque à Síria (Foto: Força Aérea Francesa / Twitter / via Reuters)
Navio no Golfo Pérsico

  • Destroyer Higgins - 23 mísseis Tomahawk
Navios no MediterrâneoNavio USS Monterey dispara míssil em direção a Síria (Foto: U.S. Navy Lt. j.g Matthew Daniels/Handout via REUTERS)
  • Fragata francesa - 3 mísseis SCALP
  • Submarino John Warner (EUA) - 6 mísseis Tomahawk
  • Pelo ar

fonte; G1
Postar um comentário

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

COMPARTILHE