SCANIA - TECNOLOGIA - ÔNIBUS MOVIDO A GÁS

Entidades criticam sugestão de Doria de mudar o Dia das Mães




Para Sincovarp, o comércio precisa reabrir respeitando questões de segurança; Acirp entende que empresários já se preparam para a data

As entidades do setor do comércio varejista desaprovaram a sugestão do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), de mudar a data do Dia das Mães, que é comemorado no segundo domingo de maio - 10 de maio em 2020 - para o mês de agosto.

Doria sugeriu a alteração da comemoração porque o decreto que determina o isolamento social em território paulista vai exatamente até 10 de maio. Segundo o governador, a transferência da comemoração poderia amenizar as perdas dos lojistas.

O Dia das Mães é a segunda data do ano mais importante para o comércio, só perdendo para o Natal. Para Paulo César Garcia Lopes, presidente do Sindcovarp (Sindicato do Comércio Varejista de Ribeirão Preto e da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), a sugestão do governador não ajuda.

"Precisamos da liberação do comércio na semana anterior ao Dia das Mães. Vamos criar regras de segurança para preservar a saúde e abrir as lojas de forma responsável", opinou.

A situação da quarentena, segundo Lopes, está prejudicando 9 mil lojistas em Ribeirão Preto e 17 mil em toda a região. Segundo o dirigente, as vendas em delivery e drive-thru representam, no máximo, a 7% das vendas.

A Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto (Acirp) que é difícil mudar datas, como o Dia das Mães, que já fazem parte da cultura do brasileiro e lembrou que os empresários já tinham feito um investimento para se preparar para a data de maio.

"Neste momento, as empresas encontram-se em forte dificuldade devido à interrupção abrupta e inesperada de suas atividades. Muitas já haviam feito encomendas e garantido estoques para esta data comemorativa e esta conta terá que ser paga", informou a Acirp.

"A Acirp entende que as vendas do Dia das Mães permitiriam que parte do comércio respirasse um pouco, melhorando suas condições de enfrentamento da crise. É sabido que, infelizmente, os pequenos comerciantes estão diante do risco de que a grande maioria das intenções de compra seja canalizada para os comércios on-line e também para os hipermercados, que continuam em funcionamento normal e vendem de tudo", finalizou a entidade, em nota. 



fonte; https://www.acidadeon.com/ribeiraopreto/cotidiano/mundo/NOT,0,0,1512581,doria+sugestao+de+mudar+o+dia+das+maes+ribeirao+preto.aspx

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

Imagens fortes! Gamer mata amiga na vida real, filma, debocha e diz que tinha pacto satânico

Gratidão, Presidente!