Trabalhadores durante assembleia que rejeitou proposta da TI Automotive e manteve greve 
Os metalúrgicos da TI Automotive decidiram nesta segunda-feira (13) manter por tempo indeterminado a greve iniciada na última quinta-feira (10), segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos. Em assembleia unificada entre os dois turnos, os trabalhadores rejeitaram a proposta patronal de PLR de R$ 9.000. No ano passado, a PLR na fábrica foi de R$ 12 mil.
Ainda de acordo com o sindicato, a empresa teria entrado com uma ação de dissídio coletivo no TRT (Tribunal Regional do Trabalho – 15ª Região), em Campinas. Agora, os trabalhadores irão aguardar a audiência de conciliação a ser agendada pelo TRT para definir os rumos da paralisação. 

“Mais uma vez, os companheiros demonstraram união, garra e determinação. A luta, portanto, vai continuar”, afirma o diretor do Sindicato Emerson de Lima, o Binho.

fonte: Meon Notícias