PEÑAROL X CORINTHIANS

Rosa Weber dá 10 dias para Bolsonaro explicar porque está incomodado com “calúnias” de jornalistas

 

Está cada vez mais difícil para o cidadão brasileiro acordar sem uma notícia de que um Ministro da suprema corte decidiu mais uma vez agredir o bom senso com mais uma decisão estapafúrdia.

Com certeza os cidadãos de países civilizados onde as Supremas Cortes são instituições reservadas, respeitadas e corretas, devem ficar se perguntando qual a razão da fissura dos Ministros do STF em destruir cotidianamente a reputação do judiciário do Brasil. Não devem compreender como 11 pessoas que ninguém elegeu invocam para si o direito de revogar a vontade de centenas de milhões de cidadãos oferecendo em troca somente um sorrisinho cínico de superioridade.

A fanfarrice da vez ficou por conta da Ministra Rosa Weber (indicada por Dilma em 2011). Pouco mais de uma semana depois de revogar os decretos do Bolsonaro que facilitavam um pouco a vida de quem quer possuir legalmente uma arma de fogo, a Ministra resolveu aloprar de vez e questionar o Presidente da República do porquê estar incomodado com as calúnias e ataques constantes dos Jornalistas.

Uma tal ABI (Associação Brasileira de Imprensa) acredita que Bolsonaro está passando dos limites ao pedir reparações legais aos militantes travestidos de jornalistas que o caluniam e difamam dia e noite. Dizem que a “Liberdade de Expressão” está em risco.

No entanto nem a ABI nem a Ministra Rosa Weber se preocuparam com a Liberdade de Expressão quando jornalistas de direita e apoiadores do Presidente foram investigados, humilhados e presos no âmbito dos Inquéritos ilegais promovidos pelo colega de Rosa no Supremo. Uma perseguição política que mantém pessoas presas ou com tornozeleira pelo grave crime de criticar os “Supremos”.

O jornalista Oswaldo Eustáquio teve suas redes censuradas logo após ser preso a mando do ministro Alexandre de Moraes. Na cadeia sofreu um acidente e hoje encontra-se paraplégico. Nenhum defensor de Liberdade de Expressão na imprensa tradicional saiu em sua defesa.

Para a parte suja e poderosa do Brasil, o que importa não é o que você diz, mas sim de que lado você está.

Veja o vídeo:

Com informações: Jornal da Cidade online

Comentários

MAIS LIDAS

Gratidão, Presidente!

Duas histórias degradantes

O estapafúrdio contrato “ultraconfidencial” entre o Butantan e a Sinovac, que não especifica valor entre as partes