Bolsonaro ironiza e escancara o verdadeiro motivo do "desespero" da "mídia do ódio"

 


Neste domingo (14), o presidente Jair Bolsonaro publicou no Twitter qual a real circulação das principais revistas do país: Veja, Época e Exame.

O resultado é surpreendente, mas previsível.

As publicações estão em franca decadência. Queda livre.

Segundo dados do Instituto Verificador de Comunicação (IVC), perderam tanto público que, algumas delas, como é o caso da Veja, que tinha mais de um milhão de tiragem e assinantes; hoje, tem apenas pouco mais de 260 mil.É a triste realidade da outrora "grande mídia": Sem público e sem verba pública do Governo Federal.

Será que a falta de engajamento do público é em virtude da cobertura parcial das notícias?

Confira:

Comentários

MAIS LIDAS

Gratidão, Presidente!

Duas histórias degradantes

O estapafúrdio contrato “ultraconfidencial” entre o Butantan e a Sinovac, que não especifica valor entre as partes