Depois de decretar que SP retornasse à fase vermelha, Doria viaja de férias para Miami, mas retorna

 

Por determinação do governador João Doria (PSDB), mediante decreto, bares e restaurantes ficarão fechados no estado de São Paulo no período de fim de ano. Conforme divulgou a revista Oeste, eles ficariam nos Estados Unidos para as festividades de Natal e réveillon até o dia 2 de janeiro.

Não demorou muito para que a matéria da Oeste rapidamente viralizasse nas redes sociais, causando uma grande desaprovação dos internautas.

Fotos dele e da esposa no aeroporto passaram a circular na internet.

Horas depois de ter chegado nos Estados Unidos, o governador de São Paulo anunciou que vai voltar ao Brasil.

A motivação, segundo ele, é devido o vice dele ter testado positivo para a Covid-19.

“Acabo de receber a notícia de que o vice-governador, Rodrigo Garcia, testou positivo para Covid-19. Por conta disso, estou cancelando minha licença e retorno ainda hoje para SP para seguir o trabalho à frente do Governo de SP. Desejo pronta recuperação ao Rodrigo Garcia”, disse Doria em sua conta no Twitter.

Por meio de uma nota, o governo de São Paulo reiterou que ele desistiu das férias com a família.

“O governador João Doria decidiu retornar a São Paulo nesta quarta-feira (23), assim que tomou conhecimento de que o vice-governador Rodrigo Garcia testou positivo para coronavírus. Ele desistiu das férias com a família na Flórida, onde chegou hoje”, diz o texto.

fonte: Conexão Política

Comentários

MAIS LIDAS

Gratidão, Presidente!

Duas histórias degradantes