Para desespero da “esquerdalha”, Bolsonaro vence em todos os cenários de 2022, diz pesquisa


 Em mais outra pesquisa do Instituto Paraná, realizada entre 25 de fevereiro e 1º de março com 2.080 pessoas distribuídas em 196 cidades brasileiras, o presidente Jair Bolsonaro continua sendo o favorito na disputa eleitoral de 2022.

Ele lidera as intenções de voto com mais de 30% em todos os cinco cenários apresentados pelos interlocutores. Num primeiro cenário, ele concorre com o ex-juiz federal e ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, que obtém apenas 11,5% dos votos. Bolsonaro leva 31,9%. Em seguida, o Paraná Pesquisas coloca o atual presidente disputando com Fernando Haddad. Resultado: o petista fica com 10,5% dos votos válidos. Uma terceira opção também é apresentada aos eleitores. Estamos falando do ex-deputado federal Ciro Gomes (PSD). Concorrendo ao pleito com Bolsonaro, ele teria apenas 10% dos votos. Brancos e nulos representam 12,5%.

Num segundo cenário, Bolsonaro comanda os rivais com 33,9% das intenções. O presidente é seguido por quem votaria em branco, nulo ou ninguém (13,7%), Moro (12,3%), Haddad (11,8%) e Ciro (10,7%).

No terceiro cenário, segue a linha dos dois anteriores: Bolsonaro na frente, com 32,4%. Nenhum, branco ou nulo (12,7%), Moro (12%), Haddad (10,8%) e Ciro (10,3%) completam a fila das cinco opções mais votadas.

O quarto cenário aponta que, mesmo com a entrada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Bolsonaro continua invicto, com 32,2%, seguido de Lula (18%), branco, nulo ou nenhum (12%), Moro (11,6%) e Ciro (8,7%).

No último cenário, fica assim: Bolsonaro com 37,6%, seguido por nenhum, branco ou nulo (15,5%), Haddad (14,3%), Ciro (13%) e Doria (6,9%).

Os nomes de Luciano Huck, Guilherme Boulos (Psol), João Amoêdo (Novo), Eduardo Leite (PSDB) e Luiz Henrique Mandetta (DEM) foram citados na pesquisa, mas não ficaram entre os cinco mais votados.


Com informações: Jornal da Cidade online

Comentários

MAIS LIDAS

Gratidão, Presidente!

Duas histórias degradantes