quinta-feira, 19 de julho de 2018

Caoa Chery vai ampliar fábrica de Jacareí para montar sedã Arrizo 5 e confirma contratar 120 pessoas

Caoa Chery vai ampliar fábrica de Jacareí para montar sedã Arrizo 5

A fábrica da Caoa Chery em Jacareí (SP) vai ganhar uma nova linha de montagem para a chegada de um novo modelo, o sedã Arrizo 5, apresentado em abril deste ano pela marca chinesa no Salão do Automóvel de Pequim. Na ocasião, a montadora confirmou sua produção na fábrica brasileira. O modelo, que está bem próximo em dimensões ao Corolla, se encontra em fase de estudo pela montadora e começa a ser produzido em outubro. Ele também deve ser uma das atrações da marca durante o Salão do Automóvel de São Paulo, entre 8 e 18 de novembro.

“É um produto de alto nível, de qualidade e tecnologia. Se tudo caminhar como planejado, já no final de outubro a gente deve estar com ele em produção. Além disso, em Anápolis, nós vamos levar mais dois produtos. A marca tem um projeto bem ambicioso para o país e estamos caminhando bem”, afirmou o diretor-presidente da Caoa Chery, Márcio Alfonso, à reportagem do G1. 

Para a fábrica de Anápolis (GO), onde são produzidos os modelos Hyundai pela Caoa, estão previstos os SUVs Chery T4 e T7. Para a unidade de Jacareí, a empresa confirma que além da área de produção, também vai ampliar seu quadro de funcionários: serão contratadas mais 120 pessoas para atuação na nova linha de montagem. Segundo Alfonso, as contratações começam a ser feitas no início deste segundo semestre, enquanto a nova estrutura da fábrica começa a ser montada em setembro.

“Agora no segundo semestre a gente começa contratação e treinamento, para deixar nosso pessoal preparado para produzir esse carro novo”, acrescenta o executivo.


Atualmente, a fábrica da Chery emprega cerca de 570 funcionários. A unidade, que recebeu US$ 530 milhões em investimentos para a construção da planta de automóveis e de motores, começou a operar em agosto de 2014 com o lançamento industrial do modelo Celer, nas versões hatch e sedã. A planta tem capacidade para montar 150 mil veículos por ano e também é responsável pela produção do compacto QQ e mais recentemente do Tiggo 2, sendo este último o primeiro veículo a entrar em linha após a compra de metade da Chery brasileira pela Caoa (leia aqui).


fonte: automotivebusiness

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMPARTILHE

AS MAIS LIDAS DA SEMANA

Entre em nosso Grupo de Notícias WhatsApp

Flagra! Chevrolet Spin renovada é vista disfarçada antes da estreia